Fazenda Recreio, Tombão de Cima e Mulungú recebem ação de combate ao Aedes Aegypti

Fazenda Recreio, Tombão de Cima e Mulungú recebem ação de combate ao Aedes Aegypti


Os trabalhos de combate ao mosquito Aedes Aegypti, que é um agente transmissor da dengue, febre amarela, zika vírus e chikungunya, não param em Campo Formoso. A Secretaria de Saúde de Campo Formoso, por meio do Setor de Endemias, realizou mais um trabalho de borrifação nas comunidades de Fazenda Recreio, Tombão de Cima e Mulungú. Essa é uma medida emergencial que visa diminuir a população de mosquitos adultos e, com isso, conter o risco de que um ciclo de transmissão.

Além desse trabalho de pulverização, é indispensável que as pessoas mantenham seus quintais limpos, de forma a não acumular focos do mosquito transmissor. A participação da população é fundamental no combate ao Aedes Aegypti e os cuidados dentro da própria casa devem ser redobrado, tais como:

Manter bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.
Colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira sempre bem fechada.
Não jogar lixo em terrenos baldios.
Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, manter sempre a boca para baixo.
Não deixar a água da chuva acumulada sobre a laje.
Encher os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
Se for guardar pneus velhos em casa, retirar toda a água e coloca-los em locais cobertos, protegidos da chuva.
Limpar as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.
Lavar com frequência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.


Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação