A Secretaria de Saúde realizou nesta semana uma ação em alusão ao Dia Nacional de Combate as Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho. As atividades foram desenvolvidas na Rodoviária de Campo Formoso com a realização de 284 testes rápidos para Hepatites B e C, HIV e sífilis, além de orientações sobre a doença com profissionais do NASF (nutricionista e assistente social).

As hepatites virais são infecções sistêmicas causadas por vírus hepatotrópicos, sendo conhecidos como vírus A (HAV), B (HBV), C (HCV), D (HDV) e E (HEV). As hepatites virais A e E são de transmissão fecal-oral, enquanto as hepatites B, C e D são transmitidas pelo sangue (via parenteral, percutânea, vertical), esperma e secreção vaginal (via sexual). Os vírus B, C e D podem evoluir para doença crônica, que pode apresentar como desfecho a fibrose hepática, cirrose, além de carcinoma hepatocelular. O vírus é considerado um grave problema de saúde pública, sendo a primeira causa de transplantes de fígado no Brasil e, nas fases avançadas, podem levar à morte.

Prevenção

Para prevenção, é recomendado uso regular de preservativos, além de evitar o compartilhamento de agulhas, seringas, material de manicure e pedicure, laminas de barbear e depilar e procedimentos cirúrgicos, tatuagens, piercings que não atendam as normas de biossegurança.

Diagnóstico

O diagnóstico é realizado por meio de teste rápido e outros exames específicos de laboratório, testes sorológicos e/ou de biologia molecular. Os quadros clínicos das hepatites virais são muitos diversificados e, de modo geral, as manifestações clínicas aparecem em fases avançadas de acometimento hepático. O teste rápido é gratuito e está disponível nas unidades da rede básica de saúde.

Tratamento

O tratamento para as hepatites difere frente à forma clínica apresentada, aguda ou crônica. O tratamento para as formas crônicas da hepatite B e C são específicos e requer pré-requisitos que precisam ser considerados.

A equipe do PSF de Poços realizou na última semana, uma ação de saúde na feira livre da comunidade com o intuito de promover ações preventivas e diagnóstico contra a Sífilis. Durante a ação foram realizados testes rápidos para sífilis, HIV além da distribuição de panfletos e orientações para evitar o contágio das diversas patologias.

Sífilis é uma Doença Sexualmente Transmissível (DST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária). Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior.

Esta doença é um mal silencioso, após a infecção inicial, a bactéria pode permanecer no corpo da pessoa por décadas para só depois manifestar-se novamente.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação