De 15 de outubro a 13 de novembro, acontecerá a Consulta Pública Online da Versão Preliminar do Currículo do Estado da Bahia, que dá oportunidade à comunidade de opinar e definir os rumos da nova diretriz curricular a ser adotada por escolas públicas e privadas a partir do próximo ano. Pela internet, profissionais da educação, pais e demais interessados podem assinalar se concordam com os itens e adicionar comentários no novo currículo.

O documento funcionará de forma complementar à nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental. A Base Nacional estabeleceu competências obrigatórias mínimas que devem ser abordadas em sala de aula, ligadas a disciplinas tradicionais, como português e matemática.  Ao mesmo tempo, também orientou que instituições e redes de ensino se articulem para trabalhar conteúdos que valorizem história, cultura, raças, fauna e flora regionais. Os temas, chamados de "diversificados", não devem constituir uma nova disciplina independente, mas aparecer em projetos transdisciplinares, sem carga horária mínima.

Para participar do projeto, basta acessar o site educacao.ba.gov.br ou undimebahia.com.br, fazer o cadastro e acessar os referenciais.

Participação:

- A participação de cada membro da sociedade será fundamental para a Construção de um Currículo que represente verdadeiramente a Bahia, em todas as suas diversidades e singularidades, incluindo as redes de ensino municipal, estadual e particular.

- Participantes previstos: Comunidade escolar: educadores, coordenadores pedagógicos, diretores e conselhos escolares (escolas municipais, estaduais, federais e privadas); Associação de pais; Associação de Estudantes; Sindicatos de profissionais da educação; Representantes das escolas particulares; Instituições de Ensino Superior públicas e privadas; Entidades acadêmicas; Entidades ligadas ao governo; Comissão de educação da assembleia legislativa; Confederações, fóruns e conselhos do setor educacional; Conselhos Municipais e Estadual de Educação; Movimentos sociais relacionados aos temas integradores (educação em direitos humanos, educação das relações étnico-raciais e ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena, educação ambiental, entre outros); Entidades do 3º setor; Sociedade em geral.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação