A quarta edição do Festival de Arte Literária Estudantil Municipal (FALEM) já foi lançada nas escolas do município com o tema: ‘Os desafios dos cidadãos em ano de Copa do Mundo e Eleição’. Nesta primeira fase, os alunos realizaram a produção de leituras, a criação literária e a realização de saraus de acordo com o tema, em forma de cordel.

FASE 2

Realização dos 07 (sete) saraus das escolas municipais por região, que oferece o Ensino Fundamental II e EJA eixos IV e V: 1.SEDE; 2.POÇOS; 3.TIQUARA; 4. LAGE DOS NEGROS; 5.BREJÃO DA CAATINGA; 6.SALITRE; 7.TUIUTIBA. Serão premiadas as 03 (três) melhores produções de cada região, para a realização da etapa final do Festival. – Nas Regiões – FASE REGIONAL;

FASE 3

 Acontecerá a etapa final do Festival, com as três melhores produções da fase regional, somando assim 21 (vinte e uma) produções finalistas. Nessa etapa, oportunizará as pessoas da comunidade, que se destacam na música, literatura, arte, a expor seus dons artísticos, a fim de valorizar a cultura regional, desenvolver a autoestima dos artistas e incentivar a comunidade estudantil a participar ativamente no desenvolvimento das atividades escolares. - Na Sede – FASE FINAL.

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação

Um dia inteiro de muita brincadeira, atividades, banho de piscina e até apresentação musical! Foi assim que crianças e adolescentes das salas de recursos da Escola José Barreto Filho, Escola Antônio Ferreira, Escola Samuel Galvão, Colégio José Telesphoro, alunos de São Tomé, Brejão da Caatinga, Lagoa da Barra, Araras, Pacui, Curral Velho, Tuiutiba, Poços, Caraíbas, Lagoa do Porco, Varzinha, Lage dos Negros e do Centro Tatiana de Moraes. O encerramento do evento contou com a apresentação do grupo Culturart.

A programação em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência aconteceu durante toda essa semana com seminários, oficinas, palestras e outras ações nas escolas.

BREVE HISTÓRICO DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO MUNICÍPIO

A primeira equipe de coordenação pedagógica de Educação Inclusiva surge no ano de 2000 a partir de uma nova estrutura da Secretaria de Educação com a as professoras Valdênia Viana e Maria Gardênia Oliveira tendo como suporte principal dessa modalidade o Centro Tatiana Morais Santana que já atendia diretamente crianças com deficiência.

Essa coordenação surgiu com a necessidade de apoiar os alunos que ingressavam na rede regular de ensino a partir das observações e triagens feitas pelos professores e profissionais do Centro Tatiana, de acordo com a série adequada para cada aluno já “trabalhado “socialmente e assim apto a escola comum. Essa coordenação apoiava e orientava os professores que atendiam esses alunos com visitas esporádicas nas unidades escolares.

Em 2005 surge a proposta de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva e assim, todos os alunos com deficiência passam a frequentar o ensino regular sem a necessidade de um apoio institucional.

Em 2008 surge a proposta das Salas de Recursos multifuncionais atendendo à necessidade histórica da educação brasileira, de promover as condições de acesso, participação e aprendizagem dos alunos alvo da educação especial no ensino regular, possibilitando a oferta do atendimento educacional especializado, de forma não substitutiva à escolarização. As duas primeiras chegadas no município foram no colégio José Telesphoro e na escola Antônio Ferreira através de um projeto da professora Valdenia Viana de Oliveira.

Em 2010, o MEC lança a proposta de ampliação das Salas de Recursos no programa PROINFO e atualmente são solicitadas através do PAR.  Nosso sistema escolar modificou-se com a proposta inclusiva da implantação das Salas de Recursos Multifuncionais nas demais escolas comuns da rede pública de ensino. Mas o município já investia em políticas inclusivas com a manutenção do Centro Tatiana Morais de Santana para o atendimento dessa clientela.

Hoje, o município conta com dezesseis salas de recursos sob a coordenação pedagógica da professora Luciene Nunes e Ana Mara Firmino em que atende um universo de 300 alunos.

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação

 

Campo Formoso, mais uma vez, se destacou no cenário nacional. Atletas de escolas do município participaram de uma competição oficial na cidade de Simões Filho, para a disputa do Campeonato Baiano 2017. Ao todo, foram 16 medalhas sendo seis de ouro: Vinícius Gabriel (arremesso de peso); Breno Zanon (75 metros rasos); Josean França (lançamento do dardo); Jessiane Manuela (lançamento do dardo e arremesso de peso); Ane Caroline (lançamento do disco). Três de prata: Breno Zanon (250 metros rasos); Josean França (arremesso de peso); Ane Caroline (arremesso do peso). Sete medalhas de bronze: Ian Mateus (75 metros rasos); Jonathas Natanael (1.000 metros rasos); Núbia de Oliveira (1.000 metros rasos); Emilly Victória (75 metros rasos); Tauane de Aguiar (salto em distância) e dois revezamentos: Jessiane , Emilly , Jailane e Núbia e Breno , Ian , Jonatas e Josean.

Vale ressaltar que após essa etapa, alguns atletas serão convocados para o Troféu Norte Nordeste SUB 16, que esse ano será disputado em São Luiz do Maranhão.

A equipe viajou para Simões Filho no final de semana com o professor de atletismo Ferreirinha, apoiados pela Prefeitura de Campo Formoso, por meio do Departamento de Esportes da Secretaria de Educação do município.

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação

Os estudantes que venceram a seletiva de atletismo realizada pela Secretaria de Educação de Campo Formoso, devem comparecer ao Colégio Estadual Polivalente, nesta sexta-feira (07), às 9h, com a presença de pais ou responsáveis, para uma reunião com a equipe organizadora. Eles vão disputar o Campeonato Baiano Caixa SUB 16, no dia 20 de agosto, na Pista do SESI de Simões Filho, região metropolitana de Salvador.

Confira a lista de atletas:

FEMININO - Núbia de Oliveira (Luzia de Freitas) , Emilly Victória (Roberto Santos) , Jailane dos Santos (Roberto Santos) , Ane Caroline (José Telésphoro) , Michelle Kauane (José Telésphoro) , Tainara da Silva (José Telésphoro) , Jessiane Manoela (José Telésphoro) e Alana Victória (Luiz Viana).

MASCULINO - Breno Zanon (Roberto Santos) , Yan Mateus (Roberto Santos) , Daniel Clayton (Augusto Galvão) , Miller Rodrigues (Augusto Galvão) , Vinícius Gabriel (Augusto Galvão) , Jonathan Natanael (Davino Carneiro) , Josean Franco da Silva (CECAT) e Jorge Emanuel (Antonio Hermogenes).

Comissão Técnica: Pedro Bernardino (Colégio Roberto Santos) e Elizandra (Colégio José Telésphoro).

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação