O currículo escolar é o que determina o que os alunos irão aprender ao longo dos anos escolares, tanto da Educação Infantil quanto no Ensino Fundamental, em todas as disciplinas. É um importante instrumento para os professores e, por isso, precisa refletir suas práticas pedagógicas, bem como as especificidades e necessidades de cada escola, seus alunos e da comunidade local.

O movimento de (re) elaboração curricular acontece em todo o país, impulsionado pela Base nacional Comum Curricular (BNCC). Aprovada em dezembro de 2017, a BNCC é um referencial obrigatório que determina os direitos de aprendizagem dos estudantes de todo Brasil disciplina por disciplina.

Todas as redes, particulares e públicas, estão revendo os currículos locais à luz da BNCC e em regime de colaboração com os municípios, que podem ou não aderir ao currículo estadual. A participação de todos em sua construção, no entanto, é fundamental para garantir a diversidade local e dar unidade - e as mesmas oportunidades de aprender o que é essencial - para todos os alunos do território.

Em nosso estado, a construção do currículo também acontece em regime de colaboração e de forma participativa. A primeira versão do texto está em consulta pública e Campo Formoso irá participar e colaborar com a construção do currículo territorial, contribuindo nas consultas online, sugerindo organizando encontros formativos para mobilização e estudos da BNCC e informação sobre a rota/cronograma do Currículo com a participação das escolas, professores, secretaria e famílias.

MOBILIZAÇÃO

QUANDO: 29/09/18  2º DIA DE APROPRIAÇÃO DA BNCC NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO (sábado letivo/ multiplicação da Formação nas escolas)

COMO? Encontro Formativo

QUEM PODE PARTICIPAR? Professores, equipes gestoras, alunos, pais etc.

ONDE? Unidades de Ensino

 

SOBRE A BNCC

Prevista no Plano Nacional de Educação e construída a partir de consultas públicas realizadas entre 2015 e 2017, a BNCC será referencial obrigatório para os currículos das redes públicas e particulares a partir de 2020. Ela determina quais são as aprendizagens essenciais que todos os estudantes brasileiros têm o direito de desenvolver na Educação Básica. Ao longo de 2018, as redes estaduais e municipais, em regime de colaboração, estão revendo seus currículos de acordo com a BNCC. Da mesma forma, materiais didáticos e a formação de professores devem ser alinhados ao que o documento determina.

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) dá diretrizes para orientar a elaboração dos currículos das redes municipais, estaduais e federal de ensino, tanto nas escolas públicas quanto particulares. Em se tratando de um documento tão recente no contexto da Educação, a nível nacional, é necessário que as Redes de Ensino públicas e privadas da Educação Básica, passem por formações diversificadas, para um maior entendimento do documento.

Dessa forma, no próximo dia 23 de julho, as escolas municipais e particulares de Campo Formoso, passarão por mais um momento de estudos, discussões e imersão na Base, por meio do “Dia de Apropriação da BNCC no Estado da Bahia”.

Neste dia não haverá aula nas escolas municipais, pois os professores estarão em formação nos três turnos.

 

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

A Prefeitura de Campo Formoso, por meio da Secretaria Municipal de Educação, aderiu ao Programa 'Mais Alfabetização' do Ministério da Educação(MEC), que foi instituído pela Portaria MEC nº 4, de 4 de janeiro de 2018. O objetivo é fortalecer e apoiar as escolas no processo de alfabetização dos estudantes de todas as turmas do primeiro e segundo anos do ensino fundamental. Entre as principais ações estão a garantia do assistente de alfabetização ao professor em sala.

No Mais Alfabetização, todo professor regente contará com o apoio de um assistente de alfabetização para o desenvolvimento de atividades pedagógicas. Haverá apoio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), com recursos específicos para a contratação desses assistentes e para a realização de atividades voltadas para as turmas de primeiro e segundo anos do ensino fundamental.

Tudo será feito de acordo com a organização de cada escola, que deverá seguir orientação da secretaria de educação e o seu próprio projeto político pedagógico. O apoio também se dará por meio do fortalecimento da gestão das secretarias de educação e escolas, da formação inicial e continuada, além de material didático, que serão selecionados pelos estados e que podem ser próprios ou pré-qualificados.

Em qualquer das opções, deverá ser focado na prática para professores e alunos, realizado em regime de colaboração e privilegiando o protagonismo das redes.

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação

Cerca de 100 professores alfabetizadores e coordenadores participaram da Formação Continuada Intitulada: Diálogos e Reflexões da Prática  Docente, do Programa Pacto pele Alfabetização, na última sexta-feira (17), na Escola Integral Gilcina Carvalho. O evento é uma parceria entre o Governo do Estado e município.  

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) é um compromisso formal e solidário assumido pelos governos Federal, do Distrito Federal, dos Estados e dos Municípios, desde 2012, para atender à meta 5 do Plano Nacional da Educação, que estabelece a obrigatoriedade de “alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º ano do ensino fundamental”.

Uma das principais ações promovidas por meio do pacto é a oferta de cursos de formação continuada para os coordenadores pedagógicos das escolas e os professores que atuam no primeiro ciclo do ensino fundamental (1º ao 3º ano). Em 2017, também puderam se inscrever os professores da educação infantil (pré I e II) e os articuladores e mediadores do programa Novo Mais Educação.

Para a realização desse evento, o estado oferece ao município um material pedagógico, acervo literário infantil, avaliação, treinamento e monitoramento.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

Esse mês de julho a Secretaria de Educação está com uma programação voltada para o Círculo I de Formação, direcionada para professores alfabetizadores e Coordenadores do 1º ao 3º ano do ciclo de alfabetização. 

O evento é condição necessária para efetivar a meta 5 do Plano Municipal de Educação (PME), sendo realizado das 07h30 às 17 horas, nos seguintes dias e localidades:
10/07 – Escola Quilombola (Polo de Lage dos Negros)
11/07 – Escola José da Silva Nazário (Polo de Poços)
11/07 – Escola João Malta (Polo de Tuiutiba)
12/07 – Colégio Mul. Armando Trajano Maia (Polo Salitre)
13/07 – Escola Nestor Carvalho (Polo de Tiquara)
14/07 – Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Polo Brejão da Caatinga)
15/07 – Polo UAB (Polo da Sede)

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação