No dia da Consciência Negra, comemorado dia 20 de novembro, a Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Campo Formoso, por meio do CRAS, realizou no distrito de Lage dos Negros a II edição do Projeto Novembro Negro, com objetivo de empoderamento da comunidade, por meio da valorização de sua cultura.

O evento contou com a participação dos jovens do NUCACF Sede e NUCA Quilombola, que abordaram em suas apresentações o tema "Por uma Infância sem Racismo", ação referente ao Desafio número 8, do SELO UNICEF - Promover práticas de enfrentamento ao Racismo.

Foi um momento de resgate e valorização da cultura negra e quilombola, com apresentações de capoeira, maculelê, cordel, grupo de dança, entre outros. Essa é mais uma ação Pró Selo Unicef, realizado pela Prefeitura.

 

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

O distrito de Lage dos Negros deu um show nesta quarta-feira (20), no evento ‘Novembro Negro: Influência Cultural na Formação da Identidade, data em que se comemora o Dia da Consciência Negra.  As atividades começaram bem cedinho com alvorada e seguiu durante todo o dia com uma programação extensa: desfile cultural, capoeira, serviços de saúde, exposições de trabalhos, zumba, cordel, ciganagem, roda de São Gonçalo, Maculelê, Reisado, Congado, Samba de pé, Amassa barro e roda de terreiro.

O objetivo foi sensibilizar e realizar uma reflexão acerca do pertencimento e da identidade através do resgate da história do povo de Lage dos Negros.  O evento foi realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Campo Formoso, por meio do CRAS Quilombola, em parceria com entidades locais, mas desde o início do mês vem seguindo uma programação alusiva ao Novembro Negro, com a oferta de palestras e rodas de conversas. Essa é mais uma ação Pró Selo Unicef, realizado pela Prefeitura.

 

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

 

Durante o mês de novembro os campo-formosenses poderão usufruir de uma programação especial, repleta de atividades diversas em celebração ao 2º Novembro Negro, que esse ano leva o tema “Sabores históricos e culturais de um Novembro Negro”, como forma de reconhecimento e valorização da história e cultura afro-brasileira e africana, como também das comunidades Quilombolas do município, demonstrando a importância destes povos na construção da identidade étnico-racial brasileira.

Na manhã desta segunda-feira (04), dentro da programação do Novembro Negro, promovido pela Secretaria de Educação, foi realizado o II Simpósio: Colorismo - As Diferentes Faces do Preconceito, no Centro Cultural, para professores e alunos da rede municipal de ensino.

Entre os palestrantes, participaram a Prof. Carmélia Miranda (Uneb), Prof. Fabiana da Silva de Morro do Chapéu e os graduandos Renilson da Silva (Jornalismo/Uneb) e Talita da Silva (Psicologia/Univasf). Ainda estiveram presentes no evento a prefeita Rose Menezes, Secretários Anizete Laborda (Educação), Hélio Alves (Agricultura) e o Major Miguel Ângelo Comandante da 54ª CIPM.

O Simpósio contou com apresentações culturais temáticas, promovidas por alunos do Colégio José Telésphoro, Sementes do Amanhã e Grupo Culturart. Essa é mais uma ação Pró Selo Unicef, realizado pela Prefeitura.

 

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

Em mais uma ação do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA) de Campo Formoso, adolescentes realizaram uma interessante entrevista com o Professor Mestre de Jiu-Jtisu Marcos Mattos, que atua também como monitor do Projeto Sementes do Amanhã. Em um bate-papo descontraído, Marcos falou da contribuição para o desenvolvimento do esporte seguro e inclusivo no município, além das dificuldades encontradas ao longo de sua jornada como esportista, bem como o apoio da gestão municipal na busca por fomentar o Esporte Seguro e Inclusivo.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

As equipes do Cras Vera Costa, NASF, Nuca, a articuladora do Selo UNICEF, Carla Guimarães e as enfermeiras da Atenção Básica, gerentes das unidades de saúde de Campo Formoso, participaram de uma oficina de trabalho da Estratégia Amamenta Alimenta Brasil.

O encontro foi ministrado pelas tutoras Gessica Alves e Renata Freitas para incentivar a orientação alimentar de crianças menores de dois anos como atividade de rotina nos serviços de saúde, contemplando a formação de hábitos alimentares saudáveis desde a infância, com a introdução da alimentação complementar em tempo oportuno e de qualidade, respeitando a identidade cultural e alimentar das diversas regiões brasileiras.

O intuito é que os participantes da oficina sejam multiplicadores da estratégia e ajudem a diminuir a morbimortalidade infantil no município, além de ajudar a prevenir doenças crônicas associadas à obesidade, cáries, desnutrição e alergias alimentares.

Essa é uma estratégia importante para a certificação do município no Selo UNICEF.

Prefeitura de Campo Formoso - Cidade em Transformação

A Comissão Intersetorial do Selo Unicef de Campo Formoso realizou no último dia 28 de junho, a Reunião Intermediária de Acompanhamento do Selo Unicef – Edição 2017/2020. No encontro foi avaliado o Plano de Ação elaborado no I Fórum, realizado em 2018, onde foi analisado o que já foi desenvolvido para as políticas de proteção e promoção dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Estiveram presentes no evento os colaboradores das secretarias de Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e representantes do CMDCA, Conselho Tutelar e a articuladora Carla Guimarães.

O que o município ganha ao ser certificado com o Selo?

Os maiores beneficiados são, sem dúvida, as crianças e adolescentes, que passam a contar com políticas públicas de qualidade voltadas para a garantia de seus direitos. Também ganham as famílias e a comunidade porque, para ganhar o Selo, a gestão municipal deverá promover intensa mobilização, participação e engajamento social. Os municípios certificados pelo Selo Unicef passam a fazer parte de um grupo de municípios reconhecidos internacionalmente pelo Unicef por seus avanços em favor da infância e adolescência.

Sobre o Unicef

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas.

No Brasil, está presente desde 1950. Em parceria com governos, setor privado e sociedade civil articula, promove e assegura que os direitos de crianças e adolescentes sejam prioridade na agenda pública do País. Em nível municipal, desenvolve duas grandes iniciativas em territórios que concentram a maior parte das crianças em situação de exclusão ou de vulnerabilidade social: o Selo Unicef e a Plataforma dos Centros Urbanos.

 

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

Autoridades municipais, representantes de secretarias de governo, comunidade local, além de crianças e adolescentes representados pelos jovens do NUCA (Núcleo de Cidadania e Adolescente), se reuniram na manhã da última quinta-feira (30), na Câmara de Vereadores de Campo Formoso, para participar do I Fórum Comunitário do Selo Unicef no município. O evento, realizado pelas Secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, em parceria com o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), é uma das condicionantes para que Campo Formoso seja reconhecida com o Selo referente aos anos 2017-2020.

O encontro contou com apresentações culturais e apresentação de metodologias – detalhado pela articuladora do Selo no município, Carla Guimarães -, reforçando os objetivos do selo, ações realizadas pelo município, destacando que esta é mais uma ação estratégica de participação social obrigatória.

O objetivo do Fórum Comunitário é promover o diálogo junto à sociedade e realizar a análise das condições de vida da infância e adolescência no município. A partir disso, a meta é realizar um planejamento de ações para a proteção integral da criança e do adolescente pela redução das desigualdades, além de fazer o monitoramento e avaliação dos resultados das ações públicas para jovens de até 18 anos.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

O Município de Campo Formoso recebeu a confirmação de adesão ao 'Selo UNICEF Município Aprovado', que é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Após a adesão, o município se compromete com um conjunto de responsabilidades que fazem parte da metodologia do Selo, que incluem Ações Estratégicas, ou seja, o que o município precisa realizar, comprometendo-se em melhorar Indicadores de Impacto Social relativos aos direitos à saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes.

Assim, o município será acompanhado pelos próximos quatro anos da edição por profissionais do Selo UNICEF, em coordenação com um articulador no município que será a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Carla Guimarães, para informar sobre os ciclos de capacitação, atualizações metodológicas, dicas de implementação de programas e outras atividades do Selo. Cabe ao articulador no município mobilizar as pessoas para participarem de cada atividade ou ação.

O que o município ganha ao ser certificado com o Selo?

Os maiores beneficiados são, sem dúvida, as crianças e adolescentes, que passam a contar com políticas públicas de qualidade voltadas para a garantia de seus direitos. Também ganham as famílias e a comunidade porque, para ganhar o Selo, a gestão municipal deverá promover intensa mobilização, participação e engajamento social. Os municípios certificados pelo Selo Unicef passam a fazer parte de um grupo de municípios reconhecidos internacionalmente pelo Unicef por seus avanços em favor da infância e adolescência.

Sobre o Unicef

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas.

No Brasil, está presente desde 1950. Em parceria com governos, setor privado e sociedade civil articula, promove e assegura que os direitos de crianças e adolescentes sejam prioridade na agenda pública do País. Em nível municipal, desenvolve duas grandes iniciativas em territórios que concentram a maior parte das crianças em situação de exclusão ou de vulnerabilidade social: o Selo Unicef e a Plataforma dos Centros Urbanos.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação